Crohn's News Blog

Weblog – Informação sobre DII

Gripe A: Terceira morte fetal em grávida vacinada em Leiria

with one comment

Quinta, 19 Novembro 2009 14:24 administrador Dossier Gripe A/H1N1 Dossier Gripe A
Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Terceira morte fetal em duatro dias, grávida está no hospital de LeiriaTerceira morte fetal em quatro dias, grávida está no hospital de Leiria

Deu-se esta quarta-feira a terceira morte de um feto numa grávida vacinada contra a gripe A com a Pandemrix, é a terceira morte fetal a acontecer em quatro dias

Gripe A: Terceira morte fetal em grávida vacinada em Leiria

Uma grávida de 20 semanas, com 27 anos, vacinada, deu entrada no Hospital de Santo André, em Leiria, confirmando-se posteriormente a morte do feto. (c/áudio e vídeo)

Agência europeia (EMEA) investiga morte de fetos em Portugal


A unidade hospitalar de Leiria comunicou que, ainda no Serviço de Urgência, após observação “foi detectada uma ausência de batimentos cardíacos, confirmada pela ecografia.”

Tratando-se de um aborto de 20 semanas, a mulher foi internada para receber tratamento adequado.

  • Morte de terceiro feto em grávida vacinada com a única vacina existente em Portugal
    • Gripe A/H1N1: Terceira grávida perde feto depois de ter sido vacinada

    Uma grávida de 27 anos perdeu o feto de 20 semanas. A mulher, que está internada no Hospital de Santo André, em Leiria, foi vacinada contra a gripe A (H1N1) no dia 2 de Novembro.

     

    As autoridades de saúde e os especialistas em obstetrícia não ligam estas mortes intra-uterinas à vacina da gripe A, visto que as mortes fetais são um fenómeno frequente.

     

Esta é a terceira  grávida vacinada com a Pandemrix a perder o bebé nos últimos quatro dias. O primeiro caso conhecido em Portugal data de 15 de Novembro, em Portalegre

»O primeiro caso conhecido é o de uma grávida vacinada
com Pandemrix que perdeu o bebé a 14 de Novembro (sábado), três dias após ter recebido a vacina,
tendo dado entrada no hospital de Portalegre já com morte fetal.

»O segundo casos foi o de uma grávida de 34 semanas vacinada contra a gripe A na sexta-feira (dia 13), deu entrada no hospital CUF Descobertas na segunda-feira (16 Nov.), apresentando já morte fetal.

  • Agência Europeia (EMEA) investiga morte de fetos em Portugal

A Agência Europeia de Medicamentos (EMEA), responsável pela aprovação da vacina utilizada contra o vírus H1N1, foi informada pela Direcção-geral de Saúde (DGS) sobre as três mortes de fetos após a vacinação das mães e está agora a investigar.

“Só temos conhecimento dos dois casos em Portugal e a informação que temos já está a ser estudada. São necessários mais testes, que as autoridades nacionais estão a fazer”, disse Monika Benstetter, da EMEA, segundo informe do Diário de Notícias.

A responsável falava antes de conhecido o terceiro caso. Em Portugal, que diz ser o único país a registar ocorrências do género, houve três no espaço de uma semana. A associação deste três casos de morte fetal com a vacina contra a gripe A tem sido afastada pelos especialistas.

Veja o vídeo e áudio em… Gripe A: Terceira morte fetal em grávida vacinada em Leiria

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Excelente artigo! Mas será que já conhecem as verdadeiras consequências da vacinação para a gripe H1N1? Inclusive os efeitos secundários da gripe H1N1 mais indesejados? A verdade anda por aqui!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: