Crohn's News Blog

Weblog – Informação sobre DII

Ministério da Saúde esconde mortes do vírus H1N1, só conhecemos os dados pelo ECDC

leave a comment »

Terça, 24 Novembro 2009 15:36 CarlAn Dossier Gripe A/H1N1 Dossier Gripe A
Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Esta instalada a desorganização e a desinformação. O Ministério da saúde esconde os números relativo as vitimas do vírus H1N1 em Portugal.

Ministério da Saúde esconde mortes do vírus H1N1, só conhecemos os dados pelo ECDC

ImageAinda na sexta-feira, dia 20 Novembro,  Ana Jorge confirmou o óbito de uma vitima que faleceu em Leiria, o grosso da comunicação social falava da sétima ou oitava morte em Portugal por H1N1, apenas o “News Crohn” e o “correio da manha”referiam que era a nona morte em Portugal.

Apenas se sabe os números reais através do ECDC.

Ana Jorge confirmou mais uma vítima do vírus H1N1 no Hospital de Santo André, Leiria

Este comunicado do MS através da ministra da Saúde foi o ultimo conhecido (20 Nov.), mas já ontem o ECDC referia 11 mortes em Portugal e na actualização de hoje de manha (24-11-09), o ECDC referia 14 mortes pelo vírus H1N1 registadas em Portugal.

O correio da manha fala de “sobe para 15 total de vitimas” e o Público fala de “pelo menos 14 mortes por gripe A”.


Está instalada a desinformação, de facto não consigo vislumbrar qual o ganho de se mistificar à volta de um assunto tão melindroso, sério e grave com o desta pandemia.

• Number of confirmed deaths among pandemic (H1N1) 2009 influenza cases by week of notification. EU and EFTA countries (upper panel, week 25 to week 47, 2009) and world (lower panela, week 18 to week 47, 2009)

• Reported number of new and cumulative confirmed fatal Pandemic (H1N1) 2009 influenza cases in EU and EFTA countries, as 23 November 2009, 09:00 hours CEST, and in the rest of the world by country, as of 22 November 2009, 16:00 hours CEST

• Reported number of new and cumulative confirmed fatal Pandemic (H1N1) 2009 influenza cases in EU and EFTA countries, as 24 November 2009, 09:00 hours CEST, and in the rest of the world by country, as of 23 November 2009, 16:00 hours CEST

Não sabemos nem entendemos que o que se ganha ou se pretende ganhar, com a desinformação nesta matéria, ou já agora com a ocultação de informação, é estranho e curioso, talvez até preocupante, que as autoridades portuguesas se preocupem mais a encobrir, tapar, ocultar e a desinformar nesta matéria do que a esclarecer, informar e a “formar”.

  • Falha comunicativa

Condiz de facto com os procedimentos dos últimos tempos, as autoridades de saúde portuguesas começaram bem, mas tão a ir de mal-a-pior, começaram por criar o pânico ou, pelo menos, contribuíram para tal, quando a “desproposito” vieram anunciar ao publico em geral a possível infecção de mais de um milhão de portugueses, depois as autoridades vieram com a questão da vacina, ou da falta desta, pois é pouca e apenas para alguns (grupos de risco), aliás técnica utilizada noutros países, como nos EUA.

Seguidamente e, face a um olhar critico dos meios de comunicação e da desconfiança do público, os diversos intervenientes da saúde (DGS, MS, Escola Saúde Publica, assessores diversos, etc,.) resolveram – no lugar de pacificar, esclarecer devidamente e divulgar -, atacar os meios de comunicação social, depois numa segunda vaga, voltaram-se para a internet, atacaram os sites refractários, depois os blogs, agora a culpa da falta de adesão à vacina é culpa das redes sociais (palavras de ontem do director geral da Saúde), e agora, por ultimo, voltaram-se para os médicos, atacando-os.

É esta, numa breve resenha, a inabilidade e a inaptidão das autoridades para com a questão séria da gripe pandémica, e face a tudo, penso que ainda assim, se não “questionam” qual o verdadeiro e profundo problema da descrença e da desconfiança do publico para com este problema.

A comunicação!, este é o problema base, a comunicação com os diversos grupos intervenientes ou envolvidos (população, doentes e profissionais de saúde), falhou.

ImageA comunicação das diversas autoridades envolvidas neste processo falhou. Não souberam, comunicar, apresentar, esclarecer e motivar as pessoas. Não souberam falar uma linguagem compreensível, acessível e clara, as diversas mensagem foram erradas, erráticas e desacertadas, a mensagem não passou, e a desconfiança e a suspeição instalou-se.Image

  • correio da manha

Sobe para 15 total de vítimas mortais

Gripe A: Mais três mortes registadas nas últimas horas
O número de vítimas mortais em Portugal devido à gripe A aumentou nas últimas horas. De acordo com dados do European Centre for Disease Prevention and Control, registaram-se mais três mortes face aos dados de segunda-feira, o que totaliza 15 óbitos em território nacional.
correiomanha 24-11-2009

Gripe A
Saúde esconde mortes do H1N1

No último fim-de-semana foi registado o número mais elevado de sempre de mortes por gripe A no nosso país. Contudo, a ministra da Saúde, Ana Jorge, não deu qualquer informação sobre os três casos fatais.
correiomanha 24-11-2009
  • Público

Portugal já registou pelo menos 14 mortes por gripe A

O relatório desta manhã do Centro Europeu para a Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC, na sigla em inglês) indica que em Portugal, até hoje, a gripe A já vitimou 14 pessoas. A contabilização anterior, datada das 9h00 de ontem, segunda-feira, indicava apenas 11 vítimas mortais.

Contactado pelo PÚBLICO, o director-geral da Saúde confirma as informações e adianta mesmo que “neste momento já serão mais”, sem querer especificar esse número e remetendo mais informações para o relatório semanal da Direcção-geral de Saúde que é divulgado amanhã. A diferença diária nos números “não significa que nas últimas 24 horas tenha havido três mortes”, avisa Francisco George. A explicação está “no intervalo de tempo entre os vários passos da comunicação” entre as diversas instituições abrangidas.

“A DGS recebe as notificações das várias instituições de saúde com as estatísticas diárias. E depois comunicamo-las internacionalmente às várias instituições, como o Centro Europeu, e através do relatório semanal”, acrescenta o responsável pela DGS.
Público 24-11-2009

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: