Crohn's News Blog

Weblog – Informação sobre DII

Archive for Dezembro 2009

Medicamentos para a gripe foram os mais vendidos nas farmácias durante o Outono

with one comment

Medicamentos para a gripe foram os mais vendidos nas farmácias durante o OutonoImage

Gripe: corrida aos medicamentos

As farmácias portuguesas venderam quase sete milhões de embalagens de medicamentos sujeitos a receita médica para alívio de sintomas gripais (analgésicos, antipiréticos e anti-inflamatórios não esteróides), entre 15 de Setembro e 14 de Dezembro, revelou esta segunda-feira a associação do sector, escreve a Lusa.

Segundo relata a TVI «de acordo com dados do Centro de Estudos e Avaliação da Associação Nacional de Farmácias, responsável pela vigilância farmacoepidemiológica contra a gripe sazonal, aqueles medicamentos foram os que registaram maior volume de vendas».

No entanto, desde 24 de Novembro (semana que registou maior volume de vendas), a procura destes medicamentos tem vindo a descer. Em segundo lugar, ficaram os medicamentos não sujeitos a receita médica (2.292.171 embalagens vendidas) e as vacinas contra a gripe sazonal (1 766 447).

e-SIGIC: Portugueses passam a aceder à sua situação na lista de inscritos para cirurgia

with 31 comments


A partir de hoje (23 Dez.), os portugueses inscritos para cirurgia podem aceder à sua situação na respectiva  lista. (Actualização)

Através do Programa e-SIGIC (Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia), será possível, pela Internet, conhecer a posição que ocupa na lista, bem como o tempo dentro do qual será realizada a intervenção cirúrgica.

Portugueses passam a aceder à sua situação na lista de inscritos para cirurgia

O e-SIGIC permite, a partir de 23 de Dezembro, que inscritos para cirurgia consultem a sua situação através da Internet.
Leia o resto deste artigo »

Gripe A(H1N1): A pandemia continua moderada, mas atinge mais os jovens, afirma OMS

leave a comment »

A pandemia de gripe H1N1 está moderada, mas infecta e mata pessoas muito mais jovens do que a gripe sazonal tradicional, afirmou a Organização Mundial da Saúde (OMS) na terça-feira.

Gripe A(H1N1): A pandemia continua moderada, mas atinge mais os jovens, afirma OMS

Comparando o número de mortes pelo vírus da pandemia de gripe H1N1 com os números da gripe sazonal pode ser enganosa, disse a agência da ONU.

“A OMS continua a avaliar o impacto da pandemia de gripe como moderada”, disse num comunicado. “Avaliações precisas das taxas de mortalidade e de mortalidade, provavelmente, só serão possíveis daqui a um a dois anos após a pandemia atingir o pico”.

ImageO vírus H1N1 já matou pelo menos 10.582 pessoas no mundo desde seu
aparecimento, em Abril (de 2009), mas estes são apenas os casos confirmados em laboratório. O teste é caro e exigente, e muitos países pobres, não investigam a causa da morte, como mortes por doenças respiratórias, incluindo a pneumonia, disse ainda
Image


“Por várias razões, estes números não dão uma imagem verdadeira da mortalidade durante a epidemia, que é indiscutivelmente superior aos indicados pelos casos confirmados por laboratório”, disse a OMS.

A gripe sazonal mata 250.000 a 500.000 pessoas por ano no mundo, mas esta é uma estimativa resultante de modelos estatísticos.

Ler mais em…http://crohn.netne.net/index.php/dossier-gripe-a/44-dossier-gripe-a/651-gripe-ah1n1-a-pandemia-continua-moderada-mas-atinge-mais-os-jovens-afirma-oms

Gripe A (H1N1): Jovem de 17 anos com factores de risco morre após alta clínica nos Açores

leave a comment »

Um jovem de 17 anos morreu esta terça-feira (22 Dez.) na ilha Terceira, Açores, vítima do vírus H1N1, elevando para 54 o número de casos mortais associados à gripe A em Portugal.

Gripe A (H1N1): Jovem de 17 anos com factores de risco morre após alta clínica nos Açores

Jovem tinha factores de risco associados

A Secretaria Regional de Saúde dos Açores, citada pelo CM, adiantou que o jovem “deu  entrada hoje no Serviço de Urgência do Centro de Saúde da Praia da Vitória já sem vida”.

Tabela de Óbitos por gripe A(H1N1) da  DGS
21-12-2009

*Nesta listagem não conta ainda este óbito nos Açores

Image

Clique na imagem para ver maior

O comunicado da Secretaria Regional informa que o jovem, que “sofria de uma condição clínica debilitante”,  declarando ainda que “o jovem foi internado no Hospital de Angra, na sexta-feira, tendo sido observado e medicado, após ao que lhe foi dada alta”.

Já em casa, o jovem “foi mantido sob vigilância pelo serviço de internamento”, prossegue a Secretaria Regional em comunicado, adiantando que decidiu abrir um inquérito para apurar “os procedimentos clínicos e administrativos em causa”.

Este caso é o terceiro caso fatal de gripe A nos Açores, segundo informação da tabela de óbitos da DGS, depois de dois homens, com 50 e 57 anos infectado com gripe A, terem falecido a 29 Out. e 06 Nov., respectivamente.

Gripe A (H1N1): Vacinação de crianças até aos 12 anos começou hoje, sem necessidade de declaração médica

leave a comment »

Todas as crianças até aos 12 anos podem começar hoje a ser vacinadas contra a gripe A (H1N1), bastando que os pais contactem o centro de saúde, já que não é necessária qualquer declaração médica.

ImageGripe A (H1N1): Vacinação de crianças até aos 12 anos começou hoje, sem necessidade de declaração médica

As autoridades de saúde iniciam, assim, a campanha de vacinação do Grupo C, com prioridade às crianças até aos 12 anos. Segundo um comunicado do Ministério da Saúde, “os pais [devem] contactar o seu centro de saúde, no sentido de acordarem a melhor forma de proceder à vacinação, não sendo necessária qualquer declaração médica”.

Muitos telefonemas de pais marcam primeiro dia de vacinação de crianças até aos 12 anos

Já hoje a Lusa noticiou que se efectuaram «muitos telefonemas de pais para os centros de saúde a perguntar quando podem levar os filhos para serem vacinados contra a gripe A (H1N1),» este facto dizem vários centros de saúde, marcou o primeiro dia de vacinação das crianças até aos 12 anos.»

Os pais podem vacinar, a partir de hoje, as crianças até aos 12 anos, bastando, para isso, contactar o centro de saúde, já que não é necessária qualquer declaração médica. Foi isso que aconteceu, segundo informação de vários centros de saúde contactados.

“Ainda é o primeiro dia, ainda não há muitas crianças a serem vacinadas. Mas tem havido muitos telefonemas de pais a perguntarem quando podem trazer os filhos à vacinação”, disse à agência Lusa uma fonte do Centro de Saúde da Venda Nova, na Amadora.

Lisboa, 21 Dez Lusa

Ver vídeo em…http://crohn.netne.net/index.php/dossier-gripe-a/44-dossier-gripe-a/647-gripe-a-h1n1-vacinacao-de-criancas-ate-aos-12-anos-comecou-hoje-sem-necessidade-de-declaracao-medica

Gripe A(H1N1): Alemanha e Espanha procuram reduzir as encomendas já feitas aos laboratórios farmacêuticos

leave a comment »

Alemanha e Espanha querem reduzir as entregas da vacina contra a gripe A devolvendo parte das vacinas jáImage compradas aos fabricantes, devido à fraca adesão das pessoas para as campanhas de vacinação, este movimento poderá atingir os lucros das farmacêuticas.

Gripe A(H1N1): Alemanha e Espanha procuram reduzir as encomendas já feitas aos laboratórios farmacêuticos

O ministério de saúde da Alemanha informou na quinta-feira que alguns estados alemães estavam em conversações com a GlaxoSmithKline sobre a redução do fornecimento da vacina contra H1N1, mas as negociações ainda não tinha produzido resultados.

O governo federal alemão também vai iniciar as negociações em Janeiro com outros países que possam estar interessados na compra de alguns dos seus excedentes, acrescentou.

A Alemanha já tinha informado este mês que pretendia vender mais de 2 milhões de doses da vacina para o H1N1, por causa da fraca procura no país.

Trinidad Jiménez, ministro da Saúde de Espanha, informou também que seu país estava “a conversar com as empresas farmacêuticas”, sobre a devolução da vacina, de acordo com um relatório da News Service APM.

Ler mais…http://crohn.netne.net/index.php/dossier-gripe-a/44-dossier-gripe-a/645-gripe-ah1n1-alemanha-e-espanha-procuram-reduzir-as-encomendas-ja-feitas-aos-laboratorios-farmaceuticos

Written by CarlAn

20/12/2009 at 00:56

Sismo: Abalo à 01:37 com 6.0 na escala Richter, com 16 réplicas não causou vítimas nem danos informa ANPC

leave a comment »

Sismo: Abalo à 01:37 com 6.0 na escala Richter, com 16 réplicas não causou vítimas nem danos informa ANPC

Lisboa, 17 Dez(Lusa)–Um sismo, com 16 réplicas, abalou hoje de madrugada Portugal Continental, mas não provocou vítimas, nem danos estruturais, segundo a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

O sismo, com uma magnitude de 6.0 na escala de Richter e uma intensidade de 5.0 na escala de Mercalli segundo o Instituto de Meteorologia (IM), foi sentido à 01:37 e teve a duração de alguns minutos, mas apenas foi sentido pelas pessoas durante
cinco a oito segundos.


Depois do primeiro abalo, o Instituto de Meteorologia registou 16 réplicas, levando o presidente do IM a classificá-lo como o maior sismo registado desde 1969 em Portugal.

__________________________________

Sentiu o sismo no local onde habita?

Qual foi a sua reacção, e o que pensou imediatamente?

Acha que Portugal e a sua população, as grandes cidades e também os meios rurais, estão preparados para um abalo sísmico de grande intensidade?

O que pensa e que preocupações têm da possibilidade de se repetir um grande abalo sísmico no país?

Manifeste a sua opinião…


Twitter Feed
TSFRadio

Se sismo fosse mais perto da costa teria efeitos semelhantes ao abalo de Aquila,…: Luís Guerreiro, professor do …
http://bit.ly/5HFWyE

SICNoticias

Madrid sentiu ligeiramente o abalo desta madrugada http://bit.ly/6CJA6Z

ExpressoOnline

Risco da falha de São Vicente: Fernando Carrilho, director do departamento de sismologia do Instituto de Metere..
http://bit.ly/5Q7hTU

ExpressoOnline

Um grande sismo no século XXI: O período de retorno do sismo de 1755 é de mais de mil anos, mas o LNEC fez uma ..
http://bit.ly/91rtfM

ExpressoOnline

Sismo: Abalo com 16 réplicas não causou vítimas nem danos estruturais (SÍNTESE): Lisboa, 17 Dez (Lusa) – Um sis..

http://bit.ly/7Ap7E6

SICNoticias

Sismo desta madrugada foi o maior registado desde 1969 e já teve 16 réplicas

http://bit.ly/8ZL5lN

ExpressoOnline

Réplicas continuam: Patrícia Silva, geofísica do Instituto de Meteorologia, explica o sismo sentido em Portugal.. http://bit.ly/7PkrRs

TSFRadio

Sismo foi o «maior desde 1969», diz presidente de Instituto de Meteorologia:O presidente do Instituto de Meteoro…

http://bit.ly/4PwOd1

TSFRadio

Sismo sentido com «muita intensidade» em Vila do Bispo: O comandante dos bombeiros de Vila do Bispo diz que a pop…

http://bit.ly/6pfqOi

JornalNoticias

Espanha avalia intensidade do abalo em 6,3 na escala de Richter

http://bit.ly/5PPQL2

TSFRadio

Sismo de 6.0 na escala de Richter sentido em Portugal: Um sismo de 6.0 na escala de Richter com epicentro a cerca d…

http://bit.ly/5QCbjf

Publico

Autoridades algarvias sem pedidos de socorro mas com dezenas de telefonemas

http://tinyurl.com/yeftd64

SICNoticias

Inquérito: Sentiu o sismo desta madrugada? Responda aqui.

http://ow.ly/MXn1

JornalNoticias

Sismo sentido em Portugal Continental

http://bit.ly/4vVGvZ

Publico

Protecção Civil regista 8 réplicas durante madrugada, todas de
magnitude inferior ao abalo

http://tinyurl.com/yar6vat

ExpressoOnline

Sismo: Protecção Civil regista 8 réplicas durante madrugada, todas de
magnitude inferior ao abalo: Lisboa, 17 D..

http://bit.ly/8IvC7D

SICNoticias

Veja as reacções ao sismo de magnitude 6.1 que atingiu o país esta madrugada

http://ow.ly/MWf1

SICNoticias

Sismo de 6,0 de intensidade abala Portugal

http://ow.ly/MW14

Evolução da Gripe A – Semana 50

leave a comment »

Ponto de situação da evolução da Gripe A em Portugal – Semana 50.ª, entre 7 e 13 de Dezembro de 2009

ImageComunicado Ministério da Saúde – 16-12-2009

No comunicado semanal do MS pode ler-se o seguinte:

Na semana de 7 a 13 de Dezembro, foram observados nos serviços de saúde 14.518 doentes [cerca de 6000 menos que na semana anterior] com sintomas de gripe, independentemente da confirmação laboratorial dos vírus em causa.

Neste período, verificou-se uma desaceleração no que se refere ao número de novos casos.

• Tabela de óbitos em Portugal (16-12-09)

*O número de óbitos será actualizado no Microsite da Gripe «http://www.dgs.pt», sempre que Portugal notifique as autoridades de saúde internacionais (ECDC e OMS).

Image

Clique na imagem para ver maio

A distribuição da gripe estendeu-se a quase todo o território do Continente, mantendo-se, no entanto, heterogénea.

Na semana em referência, estiveram internados 133 doentes, dos quais 25 em Unidades de Cuidados Intensivos.

No mesmo período registaram-se 9 óbitos, sendo o total acumulado até domingo, dia 13 de Dezembro, de 45 óbitos.

Nesta semana foram notificados 65 clusters em escolas.

A actividade gripal continua predominantemente centrada em ambiente escolar, tal como nas semanas antecedentes.

Ponto de situação da evolução da Gripe A em Portugal – Semana 50.ª, entre 7 e 13 de Dezembro de 2009

ImageComunicado Ministério da Saúde – 16-12-2009

No comunicado semanal do MS pode ler-se o seguinte:
Na semana de 7 a 13 de Dezembro, foram observados nos serviços de saúde 14.518 doentes [cerca de 6000 menos que na semana anterior] com sintomas de gripe, independentemente da confirmação laboratorial dos vírus em causa.

Neste período, verificou-se uma desaceleração no que se refere ao número de novos casos.

• Tabela de óbitos em Portugal (16-12-09)

*O número de óbitos será actualizado no Microsite da Gripe «http://www.dgs.pt», sempre que Portugal notifique as autoridades de saúde internacionais (ECDC e OMS).

ImageClique na imagem para ver maior

Clique na imagem para ver maior

Written by CarlAn

17/12/2009 at 02:22

Ana Jorge: Vacinação contra gripe A de crianças até 12 anos antecipada para este mês, visto haver sobra de vacinas

leave a comment »


As crianças até aos 12 anos, incluídas no grupo C e cuja vacinação estava prevista para Janeiro, vão poder ser vacinadas contra a gripe A este mês, anunciou hoje a ministra da Saúde.

Ana Jorge: Vacinação contra gripe A de crianças até 12 anos antecipada para este mês, visto haver sobra de vacinas

De acordo com Ana Jorge, que falava no final de uma cerimónia em Lisboa sobre os 25 anos da Revista Portuguesa de Saúde Pública, este grupo alvo para a vacinação contra o H1N1 estava prevista para Janeiro do próximo ano.

Contudo, esclareceu a ministra, sobraram vacinas, pois os adultos previstos nos outros grupos prioritários só receberam uma dose e não as duas inicialmente previstas.

Written by CarlAn

16/12/2009 at 16:57

DIAP está a investigar a morte fulminante de jovem de 14 anos com gripe A

leave a comment »

Segundo relato da SIC «O Ministério Público está a investigar a morte da criança de 14 anos que, foi apresentada como um caso de Imageevolução fulminante da Gripe A.»

DIAP está a investigar a morte fulminante de jovem de 14 anos com gripe A

• Um jovem de 14 anos morreu a 30 Novembro, um dia após ter sido atendido nas urgências do Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, de onde saiu com medicação de suporte.

André morreu em casa depois de ter sido assistido no Hospital Dona Estefânia com queixas compatíveis com um quadro gripal. Perante tal cenário, a gripe A foi dada como a possível causa de morte. Já foi realiada a autópsia que não foi conclusiva e as autoridades avançaram com outros exames complementares, exames que poderão demorar mais uma ou duas semanas.

No entanto, o adolescente foi vítima de várias hemorragias o que levantou as primeiras dúvidas perante o caso.
Leia o resto deste artigo »

Written by CarlAn

14/12/2009 at 17:34

Gripe A (H1N1): Pandemia é menos mortal do que se pensava, revela estudo

leave a comment »

Gripe A (H1N1): Pandemia é menos mortal do que se pensava, revela estudo Image

A pandemia da gripe A (H1N1) é “consideravelmente menos letal” do que se pensava inicialmente, afirmou hoje o assessor do governo britânico para a área da Saúde, Liam Donaldson, com base num estudo publicado na BMJ.

A investigação, publicada hoje na revista médica British Medical Journal (BMJ), salienta que a taxa de mortalidade causada pela doença ronda os 0,026 por cento, com base na análise de dados oficiais de Novembro.

Os cientistas britânicos recuam e afirmam que a pandemia do H1n1 é cem vezes menos letal do que a da gripe espanhola, em 1918, e quase dez vezes menos letal que as pandemias de gripe de 1957 e de 1968. “A primeira pandemia de gripe do século XXI é consideravelmente menos letal do que se temeu de inicio”, afirmou Liam Donaldson, assessor do governo britânico para os assuntos médicos.

O estudo, foi publicado no site do “British Medical Journal” (ver link em baixo), e explica que, por meio de observação de pacientes internados entre Julho e Novembro passados, conclui-se, que a taxa de mortes pela doença é de 0,026%, segundo a análise dos dados oficiais registados até Novembro.

As conclusões do estudo foram conhecidas na altura em que o contágio pelo vírus H1N1 na Grã-Bretanha continua a diminuir, contrariando as previsões iniciais.

No inicio desta semana, os americanos do CDC (Centro de Controle de Doenças) afirmaram que a gripe A H1N1 poderá tornar-se a mais fraca pandemia registada, com uma taxa de óbitos inferior à da gripe comum. (Lusa)

Study

Study confirms low mortality for swine flu

They analyzed data from Milwaukee and New York, two U.S. cities that have kept detailed tabs on outbreaks of H1N1, to calculate a likely mortality rate of 0.048 percent.

“We have estimated … that approximately 1.44 percent of symptomatic pandemic H1N1 patients during the spring in the United States were hospitalized; 0.239 percent required intensive care or mechanical ventilation; and 0.048 percent died,”

http://crohn.netne.net/index.php/dossier-gripe-a/44-dossier-gripe-a/622-study-confirms-low-mortality-for-swine-flu

Ir para Website Crohn's News

Written by CarlAn

11/12/2009 at 16:30

DII: Identificado biomarcador que permite prever surtos de Doença Inflamatória do Intestino, Colite Ulcerosa e Doença de Crohn

with one comment

Uma equipa de especialistas espanhóis identificou um biomarcador que ajuda a prever recaídas em pessoas com Doença Inflamatória do Intestino (DII)  em estado de remissão.

DII: Identificado biomarcador que permite prever surtos de Doença Inflamatória do Intestino, Colite Ulcerosa e Doença de Crohn

A análise das concentrações de calprotectina nas fezes destes doentes revelou que a existência de níveis mais elevados desta proteína está associada a um aumento do risco de exacerbações dos sintomas, anuncia a Schering-Plough, em comunicado.

Leia o resto deste artigo »

%d bloggers like this: