Crohn's News Blog

Weblog – Informação sobre DII

Archive for Janeiro 2010

Ana Jorge negoceia em segredo com GlaxoSmithline a devolução das vacinas da gripe A H1N1

with one comment

image

Ana Jorge negoceia em segredo com GlaxoSmithline a devolução das vacinas da gripe A H1N1

A Ministra da Saúde, Ana Jorge, manifestou esta semana à empresa farmacêutica GlaxoSmithline a intenção do Governo português de reduzir a encomenda das vacinas contra a gripe A, avança a

A decisão estava a ser ponderada há algum tempo no Ministério da Saúde, tendo a ideia surgido depois de se saber que outros governos europeus iniciaram processos de negociação com os laboratórios farmacêuticos no mesmo sentido.

Audio
Ministra Saúde diz estar a negociar fornecimento vacinas mas mantém objectivos de vacinação

A ministra da Saúde, Ana Jorge, confirmou hoje estar a negociar com a empresa que fornece as vacinas para a gripe A para encontrar uma “solução boa para todos”, mas manteve a intenção de vacinar 30 por cento da população portuguesa. A ministra Ana Jorge fez estas declarações no Parlamento onde esteve a jornalista Natália Carvalho.
rtp.pt | 29-01-2010

Portugal comprou à GlaxoSmithline seis milhões de doses de vacinas contra a gripe A por 45  milhões de euros. Previa, assim, vacinar três milhões de portugueses contra o vírus – isto na altura em que a Organização Mundial de Saúde (OMS) ainda defendia que era necessário tomar duas doses para se ficar imune ao H1N1.

Entretanto, as duas doses passaram a ser aconselhadas apenas aos bebés e crianças pequenas, ficando assim Portugal com um stock de vacinas muito superior ao que pretendia. Além disso, assim que começou a campanha de vacinação, o Ministério da Saúde verificou que a adesão, mesmo entre os profissionais de saúde, era muito inferior ao que se esperava.

Até ao momento Portugal recebeu apenas 470 mil doses do lote dos 6 milhões de vacinas encomendadas em Julho. Este ano, países como a França, Alemanha, Holanda, Inglaterra e Espanha começaram a renegociar e a reduzir a entrega de vacinas contra o vírus H1N1.
Fonte: Sol e CM | 29-01-2010

• Gripe a H1N1: Europa tenta livra-se dos excedentes de vacinas para a pandemia

Apple lança o revolucionário iPad totalmente táctil, anunciado por Steve Jobs

leave a comment »

Apple lança o revolucionário iPad totalmente táctil, anunciado por Steve Jobs

Apple lança o revolucionário iPad

O tão aguardado computador table, totalmente táctil, foi anunciado por Steve Jobs. A versão mais barata custará 499 dólares

Apple lança iPad táctil

Steve Jobs, CEO da Apple, lançou há poucos instantes o iPad, um revolucionário computador, de ecrã totalmente táctil e sem qualquer teclado. É uma espécie de iPhone gigante, com as capacidades técnicas de um computador portátil.

Confirmando os rumores dos últimos dias, trata-se de um aparelho mais leve e mais portátil do que a concorrência de netbooks e que também vai tentar tirar mercado ao iKindle, que é um leitor de livros electrónicos.

O iPad tem tudo o que um iPhone tem, inclusivamente mapas, ligação directa ao iTunes, leitura de páginas de Internet de forma horizontal e vertical, sendo que o seu teclado é táctil, directamente no ecrã. Mas não faz chamadas, é um computador.

As suas dimensões são impressionantes: 1.27 centímetros de espessura, 680 gramas de peso e um ecrã de 9,7 polegadas.

O processador A4, da Apple, tem 1Ghz e virá em opções de 16, 32 e 64 GB. Virá com acelerómetro, bussula, colunas, entrada para microfone, wireless e bluetooth. A bateria terá dez horas de autonomia

Os primeiros vão estar à venda daqui a dois meses com os seguintes preços: 16 GB por 499 dólares, 32 GB por 599 dólares e 64 GB por 699 dólares. Também haverá versões com placas 3G integradas, mas custarão mais 130 dólares cada.

Normalmente, os produtos da Apple não fazem cambio, pelo que o mais certo é que na Europa o iPad mais barato custe 499 euros.

Tal como um iPhone, vai poder ter aplicações (inclusivamente jogos) e terá uma loja especial para compra de livros (concorrência directa à Amazon), denominada iBookstore.

Written by CarlAn

27/01/2010 at 22:50

Publicado em Info

Doença de Crohn: BE quer fim de injustiças e apresenta seis projecto-lei no parlamento

leave a comment »

imageDoença de Crohn: BE quer fim de injustiças e apresenta seis projecto-lei no parlamento

BE apresenta seis projectos para serem  discutidos e votados esta quinta-feira no Parlamento

Seis projectos de lei do Bloco de Esquerda (BE) que visam eliminar “algumas injustiças” a que estão sujeitos os doentes oncológicos, epilepsia, psoríase e doença inflamatória do intestino (colite ulcerosa e doença de Crohn) vão ser discutidos e votados quinta-feira no Parlamento.

Em declarações à Lusa, o deputado do BE João Semedo adiantou que três projectos de lei são sobre a psoríase, uma doença crónica de pele que se estima afectar 250 mil portugueses, surgindo uma média de quatro mil novos casos por ano.

Os três projectos de lei procuram que o Governo declare a psoríase como uma doença crónica, que isente os seus portadores do pagamento de taxas moderadoras e que os doentes sejam beneficiados com o regime de comparticipação de alguns medicamentos pelo escalão máximo (95 por cento), explicou.

João Semedo lembra que “o actual regime de isenção de taxas moderadoras não contempla um conjunto de doenças crónicas, entre as quais a psoríase, que implicam uma elevada recorrência dos doentes ao Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

Outros dois projectos de lei têm como objectivo isentar os portadores de doença inflamatória do intestino (colite ulcerosa e doença de Crohn) das respectivas taxas moderadoras.

Leia o resto deste artigo »

Aprovado novo tratamento da Schering-Plough para crianças com doença de Crohn

leave a comment »

Aprovado novo tratamento da Schering-Plough para crianças com doença de Crohn

imageDoença de Crohn

Surgem 100 novos doentes jovens em Portugal por ano. A Doença de Crohn (DC), que é uma doença inflamatória intestinal, e uma doença crónica, e está a aumentar nas crianças e jovens portugueses.

Anualmente, surgem cerca de 100 novos casos em pessoas com idades entre 10 e 20 anos. Não há dados concretos sobre a prevalência da DC na população pediátrica portuguesa, no entanto, o Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal (GEDII) crê que existam perto de 300 crianças diagnosticadas com a doença.
Leia o resto deste artigo »

Pesquisa britânica descobre forma mais rápida de estudar células cancerígenas, estudo

leave a comment »

Pesquisa britânica descobre forma mais rápida de estudar células cancerígenas image

Cientistas britânicos desenvolveram um método mais rápido para estudar as chamadas células estaminais cancerígenas, celulas que estão directamente envolvidas no cancro. Esta descoberta que pode ter um papel crucial no desenvolvimento de medicamentos e acelarar a produção para o combate ao cancro.

Investigadores da Universidade de Oxford desenvolveram um método de obter amostras de células estaminais cancerígenas (a partir de linhagens de cancro intestinal) que permite mantê-las em laboratório, submetendo-as a testes repetidos para descoberta de novos medicamentos, este  processo permite examinar repetidas vezes o efeito de potenciais fármacos.

“Trabalhar desta maneira permite um estudo muito mais eficaz do que a recolha repetida de amostras humanas ou do que a investigação em cobaias animais”, explica Walter Bodmer, um dos autores do estudo.

“Podemos avaliar melhor medicamentos contra o cancro e perceber se eles atacam as células estaminais cancerígenas. Se não as estiver a atacar, o cancro volta a desenvolver-se”, afirma.

Estas células estaminais são resistentes aos tratamentos convencionais como a quimioterapia ou a radioterapia e são a principal razão para a reincidência (recidiva) dos tumores.

Até agora, dizem os investigadores, a identificação de células estaminais cancerígenas obrigava a novas biopsias nos doentes. Os cientistas tinham, depois, de aumentar a presença dessas células nas amostras e esperar se, aplicadas em ratos, resultavam em novos tumores.

O processo é demorado e as amostras não podem ser usadas em novas experiências, mas esta nova técnica permite um trabalho de investigação muito mais rápido e produtivo, quer no estudo das células e do seu papel nos tumores, quer na aplicação de medicamentos novos.

Os dados foram publicados na revista “Proceedings of the National Academy of Science”.

Gripe A H1N1: Debate de urgência no Conselho da Europa foi adiado

leave a comment »

image

Gripe A H1N1: Debate de urgência no Conselho da Europa foi adiado

Um debate de urgência sobre a gripe A (H1N1) previsto para quinta-feira não conseguiu reunir o consenso da assembleia parlamentar do Conselho Europeu, a decorrer em Estrasburgo, e foi adiado.

Subordinado ao tema «Falsas pandemias: uma ameaça para a saúde», o debate deveria analisar um relatório que denuncia a actuação dos grandes laboratórios farmacêutico

A 14 de Janeiro, apresentou uma moção para investigar a eventual existência de conflito de interesses entre a Organização Mundial de Saúde (OMS) e as farmacêuticas.

O parlamentar alemão Wolfgang Wodarg declarou na altura que se assistiu «ao maior escândalo médico do século» e acusou a OMS de ter «relações impróprias» com as empresas do sector farmacêutico.

Subordinado ao tema «Falsas pandemias: uma ameaça para a saúde», o debate deveria analisar um relatório que denuncia a actuação dos grandes laboratórios farmacêuticos e uma alegada influência na compra de milhões de vacinas pelos governos de todo o mundo para combater o vírus H1N1.

Um total de 96 parlamentares votou a favor da realização do debate e 82 contra, sendo necessária uma maioria de dois terços para aprovar o projecto de resolução.

Ver entrevista de Wolfgang Wodarg em vídeo…

Ver vídeo...

Apesar do adiamento do debate, ainda sem nova data, o assunto será analisado terça-feira numa audição pública da Comissão de Assuntos Sociais, Saúde e Família, realizada à margem da assembleia parlamentar do Conselho Europeu.

O relatório em análise é da responsabilidade do presidente da comissão de Saúde, o socialista alemão Wolfgang Wodarg.

Ler mais em …http://crohn.netne.net/index.php/dossier-gripe-a/44-dossier-gripe-a/698-gripe-a-h1n1-debate-de-urgencia-no-conselho-da-europa-foi-adiado

Novo tratamento para a esclerose múltipla, estudo publicado no “New England Journal of Medicine”

with 4 comments

Novo tratamento para a esclerose múltipla, estudo publicado no “New England Journal of Medicine”image

Efeitos colaterais a curto prazo não foram verificados

Há um novo tratamento clínico que se revelou eficaz no combate à esclerose múltipla, pois reduz o agravamento e as recaídas desta doença inflamatória do sistema nervoso central.

De acordo com o estudo publicado noNew England Journal of Medicine, trata-se do Cladribine, o primeiro tratamento experimental que pode ser administrado por via oral para combater esta doença neurológica crónica, de causa ainda desconhecida.

Este medicamento desenvolvido pelo grupo farmacêutico Merck Serono neutraliza o sistema imunitário, impedindo que este ataque o sistema nervoso central.

Ler mais em… http://crohn.netne.net/index.php/noticias/697-novo-tratamento-para-a-esclerose-multipla-estudo-publicado-no-qnew-england-journal-of-medicineq
%d bloggers like this: