Crohn's News Blog

Weblog – Informação sobre DII

Posts Tagged ‘doenças crónicas

SARS, Síndrome Respiratória Aguda Grave

leave a comment »

Doentes com psoríase, epilepsia e doença de Crohn deixam de pagar taxas moderadoras

with 4 comments

Doentes com psoríase, epilepsia deixam de pagar taxas moderadoras

A proposta do BE, que foi aprovada a 28 de Janeiro na Assembleia da República, afecta também pessoas que sofrem da Doença de Crohn e de Colite ulcerosa.

Por iniciativa do BE, o Parlamento decidiu esta quinta-feira acabar com as taxas moderadoras na Saúde para os doentes com psoríase e epilepsia, bem como para pessoas que sofrem de doenças inflamatórias do intestino, nomeadamente Doença de Crohn e Colite ulcerosa.

A medida foi aprovada com a abstenção do PS e o voto a favor das restantes bancadas.

A proposta do BE tinha como objectivo «dar tratamento igual àquilo que é igual», disse, explicando que estas «doenças crónicas devem beneficiar dos mesmos benefícios que as outras doenças crónicas em Portugal».

João Semedo adiantou que esta medida vai afectar mais de 300 mil pessoas, um «número significativo». Questionado sobre o valor que poderá custar aos cofres do Estado, o bloquista frisou que as «taxas moderadoras são insignificantes enquanto receitas do Estado».

Doença de Crohn: BE quer fim de injustiças e apresenta seis projecto-lei no parlamento

leave a comment »

imageDoença de Crohn: BE quer fim de injustiças e apresenta seis projecto-lei no parlamento

BE apresenta seis projectos para serem  discutidos e votados esta quinta-feira no Parlamento

Seis projectos de lei do Bloco de Esquerda (BE) que visam eliminar “algumas injustiças” a que estão sujeitos os doentes oncológicos, epilepsia, psoríase e doença inflamatória do intestino (colite ulcerosa e doença de Crohn) vão ser discutidos e votados quinta-feira no Parlamento.

Em declarações à Lusa, o deputado do BE João Semedo adiantou que três projectos de lei são sobre a psoríase, uma doença crónica de pele que se estima afectar 250 mil portugueses, surgindo uma média de quatro mil novos casos por ano.

Os três projectos de lei procuram que o Governo declare a psoríase como uma doença crónica, que isente os seus portadores do pagamento de taxas moderadoras e que os doentes sejam beneficiados com o regime de comparticipação de alguns medicamentos pelo escalão máximo (95 por cento), explicou.

João Semedo lembra que “o actual regime de isenção de taxas moderadoras não contempla um conjunto de doenças crónicas, entre as quais a psoríase, que implicam uma elevada recorrência dos doentes ao Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

Outros dois projectos de lei têm como objectivo isentar os portadores de doença inflamatória do intestino (colite ulcerosa e doença de Crohn) das respectivas taxas moderadoras.

Leia o resto deste artigo »

%d bloggers like this: