Crohn's News Blog

Weblog – Informação sobre DII

Posts Tagged ‘GlaxoSmithKline

OMS revê segurança de vacina contra gripe A após suspeita de distúrbio do sono

leave a comment »

Saúde | Gripe A

OMS revê segurança de vacina contra gripe A após suspeita de distúrbio do sono

Pesquisa da Finlândia diz que produto aumenta risco de narcolepsia em crianças

A OMS (Organização Mundial da Saúde) decidiu rever as condições de segurança da vacina contra a gripe H1N1, conhecida popularmente como suína, produzida pelo laboratório GlaxoSmithKline (GSK). Um estudo feito na Finlândia sugere que crianças e adolescentes que tomaram a dose têm nove vezes mais chances de sofrer de narcolepsia, um distúrbio que provoca episódios incontroláveis de sono e faz com que a pessoa durma sem motivo durante várias vezes ao dia.

O Instituto Nacional de Saúde e Bem-estar da Finlândia começou uma investigação sobre o assunto em Agosto do ano passado, depois que o problema foi detectado em 17 crianças finlandesas que tomaram a vacina.
Leia o resto deste artigo »

Written by CarlAn

04/02/2011 at 02:08

Apesar das suspeitas de narcolepsia relacionada com a Pandemrix, DGS recomenda vacinação contra Gripe A

leave a comment »

Saúde | Gripe A

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) mantém a recomendação de vacinação contra a Gripe A, apesar das suspeitas de narcolepsia em pessoas vacinadas com a Pandemrix.

A DGS mantém a recomendação de vacinação com a Pandemrix, contra a Gripe A, apesar de um estudo finlandês que sugere que as crianças que foram vacinadas têm nove vezes mais probabilidade de sofrer de narcolepsia, um distúrbio raro do sono.

«Uma vez que a associação vacina Pandemrix [contra a gripe pandémica] e narcolepsia não está provada e que o benefício de vacinação é superior ao risco de adquirir narcolepsia, a DGS mantém as Orientações de vacinação para a época gripal 2010/2011», refere a Direção-Geral da Saúde em comunicado publicado na sua página oficial na Internet.

Um estudo finlandês detectou um aumento de narcolepsia em crianças que tinham sido vacinadas contra a estirpe H1N1, que sugere que o mais provável é que este distúrbio do sono seja o resultado de um efeito conjunto da vacina Pandemrix e de outros factores.

A investigação preliminar, foi levada a cabo por um comité finlandês que estuda a narcolepsia, depois de ter sido detectado um aumento de casos de narcolepsia em crianças entre os quatro e 19 anos que foram vacinadas.

As pessoas que sofrem de narcolepsia adormecem de forma repentina e sem aviso. A causa da doença é desconhecida mas está associada a uma combinação de factores genéticos e ambientais.

fonte: jornaldigital.com

Holanda, 20 milhões de vacinas contra a gripe A inutilizáveis

with one comment

Holanda têm 20 milhões de vacinas contra a gripe A inutilizáveis
.

“Vacinas contra a gripe A para o lixo”
.

Dos mais de 20 milhões de vacinas contra a gripe A (H1N1)  que a Holanda ainda mantém, são consideradas praticamente inúteis. Isto significa uma perda de 200 a 300 milhões de euros, publicou o jornal Algemeen Dagblad.

No ano passado, a Holanda comprou 34 milhões de vacinas da gripe, o suficiente para dar a todo o holandês duas injecções. Mas a epidemia foi leve, e apenas os grupos de risco, como idosos e pessoas com problemas pulmonares foram vacinados. Por essa razão, a Holanda tem agora 20 milhões de vacinas que sobraram, que não podem ser usadas.

De acordo com o virologista Ab Osterhaus, o excesso de vacinas para o H1N1 só pode ser utilizado para vacinar pessoas do que no ano passado não foram vacinadas. Mas este é apenas um pequeno grupo: dos 5.000.000 holandeses que foram convidados a serem vacinados, 80% não quiseram.

Excedente de vacinas

A Holanda tentou vender o excedente da vacina para outros países, mas sem grande sucesso. Apenas o Chipre e Malta compraram num total de 280 000 doses, por um montante não revelado. Agora, o governo holandês está
em negociações com o fabricante da vacina, a GlaxoSmithKline (GSK), para ver se as doses de vacinas para a gripe A podem ser devolvidos. Não se sabe como essas conversações estão a evoluir, esta seria a única forma da Holanda recuperar parte do grande investimento realizado. O partido da oposição, os sociais-democratas do PvdA, pedem agora explicações ao ministro da Saúde holandês, Ab Klink.

http://www.rnw.nl/

, , ,

Powered by ScribeFire.

Written by CarlAn

11/05/2010 at 12:25

Gripe A (H1N1): Vírus “eclipsou-se” depois de matar 122 portugueses, diz Francisco George

leave a comment »

Vírus “eclipsou-se” depois de matar 122 portugueses
Gripe A – Portugal

imageO Director-Geral da Saúde, Francisco George, afirmou que o vírus da Gripe A, que só em Portugal matou 122 pessoas, “eclipsou-se” mas deverá reaparecer como o principal vírus da gripe que atingirá Portugal a partir do próximo Outono.

A ministra da Saúde garante que o Plano de Vacinação vai continuar.

“Neste momento não registamos actividade por gripe A, com excepção da Região Autónoma dos Açores. O vírus eclipsou-se na sua quase totalidade”, afirmou Francisco George.

Perante os dados contabilizados até à sexta semana do corrente ano, pode tirar-se a conclusão que a gripe sazonal foi residual e que 99% dos casos registados foram efectivamente de Gripe A, que teve o seu pico epidemiológico entre 16 e 29 de Novembro de 2009.

Leia o resto deste artigo »

Gripe A H1N1: Portugal cancelou dois milhões de vacinas a GlaxoSmithKline

with one comment

Gimageripe A H1N1: Portugal cancelou dois milhões de vacinas a GlaxoSmithKline

O Ministério da Saúde anunciou hoje o cancelamento da encomenda de dois milhões de vacinas contra a gripe A (H1N1), de um total de seis milhões que tinham sido reservadas.

A tutela liderada por Ana Jorge anunciou que ordenou o cancelamento de dois milhões de vacina contra o vírus da gripe A (H1N1), afirmou à Lusa fonte oficial. Esta informação que foi também confirmada por Marta Mello Breyner, porta-voz do laboratório GlaxoSmithKline confirmada a RR.

Dos seis milhões de vacinas encomendadas, já chegaram a Portugal já recebeu 1,6 milhões de doses, tendo já sido administradas cerca de 500 mil. Leia o resto deste artigo »

EMA recomenda quarta vacina contra pandemia de Gripe A H1N1, Arepanrix da GlaxoSmithKline

leave a comment »


Image

.
.
.

Agência do Medicamento actualiza informação sobre gripe pandémica

EMA recomenda quarta vacina contra pandemia de Gripe A e actualiza informação sobre restantes vacinas e Tamiflu

O Comité de Medicamentos para Uso Humano da Agência Europeia do Medicamento (EMA) recomendou que fosse concedida a autorização de introdução no mercado condicional a uma quarta vacina contra a pandemia da gripe (H1N1), Arepanrix, da GlaxoSmithKline Biologicals.

Foram também revistos os dados adicionais das três vacinas com autorização de introdução no mercado (AIM) centralizada (Celvapan, Focetria e Pandemrix) e do antivírico Tamiflu.

De acordo com informação emitida pelo Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, IP, a recomendação de autorização da quarta vacina foi baseada num procedimento acelerado, utilizado para vacinas desenvolvidas durante uma pandemia.

A informação sobre Arepanrix foi avaliada de forma expedita, tendo sido iniciada em 17 de Julho de 2009, aquando da submissão dos primeiros dados. Estudos clínicos adicionais em crianças, adolescentes e adultos encontram-se em curso e os resultados ficarão disponíveis previsivelmente a partir de Março de 2010.
Leia o resto deste artigo »

Gripe A H1N1: Pandemia da gripe perde força, admite OMS

leave a comment »

Gripe A H1N1: Pandemia da gripe perde força, admite OMS

ImageMargaret Chan disse que a OMS está pronta a prestar contas de todas suas decisões na gestão da pandemia

GENEBRA – A pandemia do vírus da gripe A (H1N1) parece estar sendo superada, admitiu hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS), na prática colocando de parte o cenário inicialmente previsto de devastação de milhares de mortes e prejuízos avultados.

“O pior já pode ter passado”
no hemisfério norte, disse a diretora-geral da OMS, Margaret Chan. Mas alertou que uma conclusão mais segura sobre a superação da pandemia só deve ocorrer em Abril. “Ainda há muito inverno pela frente”, afirmou Margaret Chan.

Leia o resto deste artigo »

A OMS volta a defende-se de críticas sobre vacinação contra gripe A H1N1

leave a comment »

A OMS volta a defende-se de críticas sobre vacinação contra gripe A H1N1OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) veio hoje (sexta-feira) novamente em defesa da sua posição na promoção da vacinação contra a gripe A/H1N1 nos grupos de maior risco, e salientou que pelo menos 150 milhões de pessoas foram vacinadas no mundo, mostrando que o produto é seguro.

Essa é uma reacção às críticas em diferentes países perante as campanhas de vacinação e à reticência de certos Governos -como o polonês-, na realização da imunização contra o vírus A/H1N1.
Leia o resto deste artigo »

Canada: Excess H1N1 vaccine could be sold, kept in reserve

leave a comment »

Excess H1N1 vaccine could be sold, kept in reserve Image

Federal officials will be deciding soon what to do with millions of doses of excess H1N1 vaccine while at the same time still trying to convince Canadians to roll up their sleeves.

“Early in the new year we’ll be making a decision on that. But our priority is to get the vaccine to Canadians,” Health Minister Leona Aglukkaq said in a year-end interview with Canwest News Service.

Unless significantly more Canadians decide they want the vaccine, the country is poised to have more than 20 million unused doses at the end of this flu season in April.

About 45 per cent of the population has been vaccinated since the H1N1 shot became available across the country on Oct. 26.

Demand for the vaccine slowed down so much by late December, however, that the provinces asked the manufacturer GlaxoSmithKline to stop sending them shipments. They already had received thousands of doses that weren’t needed by local public health units and instead were put in storage. […]

Read more…http://crohn.netne.net/index.php/dossier-gripe-a/44-dossier-gripe-a/663-canada-excess-h1n1-vaccine-could-be-sold-kept-in-reserve

Written by CarlAn

02/01/2010 at 16:38

Gripe A(H1N1): Alemanha e Espanha procuram reduzir as encomendas já feitas aos laboratórios farmacêuticos

leave a comment »

Alemanha e Espanha querem reduzir as entregas da vacina contra a gripe A devolvendo parte das vacinas jáImage compradas aos fabricantes, devido à fraca adesão das pessoas para as campanhas de vacinação, este movimento poderá atingir os lucros das farmacêuticas.

Gripe A(H1N1): Alemanha e Espanha procuram reduzir as encomendas já feitas aos laboratórios farmacêuticos

O ministério de saúde da Alemanha informou na quinta-feira que alguns estados alemães estavam em conversações com a GlaxoSmithKline sobre a redução do fornecimento da vacina contra H1N1, mas as negociações ainda não tinha produzido resultados.

O governo federal alemão também vai iniciar as negociações em Janeiro com outros países que possam estar interessados na compra de alguns dos seus excedentes, acrescentou.

A Alemanha já tinha informado este mês que pretendia vender mais de 2 milhões de doses da vacina para o H1N1, por causa da fraca procura no país.

Trinidad Jiménez, ministro da Saúde de Espanha, informou também que seu país estava “a conversar com as empresas farmacêuticas”, sobre a devolução da vacina, de acordo com um relatório da News Service APM.

Ler mais…http://crohn.netne.net/index.php/dossier-gripe-a/44-dossier-gripe-a/645-gripe-ah1n1-alemanha-e-espanha-procuram-reduzir-as-encomendas-ja-feitas-aos-laboratorios-farmaceuticos

Written by CarlAn

20/12/2009 at 00:56

OMS pré-classifica uma vacina da GSK contra a gripe A(H1N1) a Arepanrix

with one comment

Está à venda uma vacina contra a Gripe A para os países pobres, anunciou a multinacional britânica GlaxoSmithKline.

ImageOMS pré-classifica uma vacina da GSK contra a gripe A(H1N1) a Arepanrix

LONDRES,(AFP)–A companhia farmacêutica britânica GlaxoSmithKline (GSK) anunciou na terça-feira que a Organização Mundial da Saúde (OMS) concedeu uma “pré-classificação” para uma de suas vacinas contra a gripe A(H1N1), o que deverá facilitar a sua difusão nos países pobres e em desenvolvimento.

Trata-se da vacina já produzida no Canadá pela GSK, da qual à poucos dias (26 Nov.) a OMS mandou  suspender um lote de 172 mil vacinas por alegadamente estarem a provocar alergias graves.
Leia o resto deste artigo »

OMS pré-classifica uma vacina da GSK contra a gripe A(H1N1) a Arepanrix

leave a comment »

Está à venda uma vacina contra a Gripe A para os países pobres, anunciou a multinacional britânica GlaxoSmithKline.

ImageOMS pré-classifica uma vacina da GSK contra a gripe A(H1N1) a Arepanrix

LONDRES,(AFP)–A companhia farmacêutica britânica GlaxoSmithKline (GSK) anunciou na terça-feira que a Organização Mundial da Saúde (OMS) concedeu uma “pré-classificação” para uma de suas vacinas contra a gripe A(H1N1), o que deverá facilitar a sua difusão nos países pobres e em desenvolvimento.

Trata-se da vacina já produzida no Canadá pela GSK, da qual à poucos dias (26 Nov.) a OMS mandou  suspender um lote de 172 mil vacinas por alegadamente estarem a provocar alergias graves.

É a “Arepanrix”, uma vacina fabricada pela GSK no Canadá, segundo informa o comunicado, de acordo com o fabricante, esta é a primeira pré-classificação para uma vacina para o vírus da gripe A(H1N1).

Ler mais em…OMS pré-classifica uma vacina da GSK contra a gripe A(H1N1) a Arepanrix

%d bloggers like this: