Crohn's News Blog

Weblog – Informação sobre DII

Posts Tagged ‘Pandermix

Gripe A/H1N1: Pandemrix cria conflito na Suíça, Swissmedic não autoriza vacina para grávidas

leave a comment »

Segunda, 24 Novembro 2009 03:26 CarlAn Dossier Gripe A/H1N1 Dossier Gripe A
Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

A vacina Pandermix contra a gripe H1N1 do laboratório britânico GlaxoSmithKline (GSK) é a causa de conflitos entre as duas autoridades suíças na área da saúde, entretanto esta semana ocorreu  na Suíça a primeira morte causada pela gripe pandémica.

imageSwissmedic

A vacina Pandemrix cria conflito na Suíça, a Swissmedic não autoriza a vacina da GSK para as grávidas

A vacina contra o vírus H1N1v continua a provocar enormes polémicas. Desta vez é na Suíça com as autoridades de saúde a terem opiniões divergentes em relação à vacina da GSK a Pandemrix que, recorde-se, é utilizada em Portugal. Para já a autoridade do medicamento suíço (Swissmedic) proibiu a vacina em grávidas e menores. (c/vídeo)

O conflito entre o “Serviço Federal de Saúde Pública” e o “Swissmedic” ocorre bem no meio do plano de vacinação lançado em meados de Novembro na Suíça. De referir que a Swissmedic na Suíça é a autoridade para o medicamento, digamos que como o Infarmed em Portugal.

“A Swissmedic continua a não autorizar o uso da Pandermix em crianças menores de 18 anos”, afirmou o vice-director da AFP Hans-Beat Jenny  no domingo sobre a autoridade reguladora de medicamentos, na Suíça, «A Swissmedic continua a proibir a vacina para mulheres grávidas».

Ler mais em…A vacina Pandemrix cria conflito na Suíça, a Swissmedic não autoriza a vacina da GSK para as grávidas, «saiba porque a Swissmedic não quer que as grávidas recebam a Pandemrix».


DGS: Morte na Suécia poderá não estar associada à vacina

leave a comment »

A subdirectora-geral da Saúde afirmou hoje que na Suécia a vacinação contra a gripe A abrange pessoasCrohn's News no Twitter “muito doentes”, pelo que a morte de um doente após ser vacinado pode não estar associada ao medicamento.

Morte na Suécia poderá não estar associada à vacina, diz subdirectora-geral da Saúde

A vacina Pandermix vai começar a ser administrada em Portugal na segunda-feira

A vacina Pandermix vai começar a ser administrada em Portugal na segunda-feira

Portugal encomendou seis milhões de doses de vacinas para administrar a três milhões de pessoas, que receberão duas doses cada

Em declarações à Lusa, Graça Freitas disse que ainda não teve acesso aos dados da fármaco-vigilância, mas que “tudo indica que seja uma associação temporal entre a administração da vacina e a morte”, tendo em conta que se tratava de uma “pessoa muito doente”.

A agência sueca do medicamento (homologa ao Infarmed) está a investigar a morte de um homem doze horas depois de ser vacinado contra o vírus da gripe A (H1N1), apesar de até agora não ter sido estabelecida uma relação causa-efeito.

mais em… DGS: Morte na Suécia poderá não estar associada à vacinashare-button

Written by CarlAn

24/10/2009 at 15:36

%d bloggers like this: